Funcionário do mês

[ CRÔNICAS, CONTOS, POESIA CONCRETA ] [ ILUSTRAÇÕES ] [ FOTOGRAFIAS ] [ VÍDEOS ]

Credo!

Crápulas e biltres praguejam impropérios em sua cripta
quebrando pratos como os gregos, pelo prazer de praticar o 'destruir'.
O primal prazer de destruir.
Pelo prazer de praticar.
Trágicos em crise craseiam os 'ais' de sofrimento.
Cretinos travestem os seus crimes, cravejando-os de cristais e de rubis.
Cravejando-os de brilhantes e rubis, constrangendo os demais.
Transcender é transformar-se em brasas nas entranhas das trevas.
Um trago bem travoso de engolir,
mas que só tenta agradar.
Drásticos em transe transitam propagando a tristeza.
Ser meio cruel é ser cru, criticando prematuramente.
Bradando e abrandando por ai.



Juan Barto