Funcionário do mês

[ CRÔNICAS, CONTOS, POESIA CONCRETA ] [ ILUSTRAÇÕES ] [ FOTOGRAFIAS ] [ VÍDEOS ]

AS COISAS E SUAS COISAS

A solidão puxa as pessoas pra dentro como um ralo.
Incomoda em silêncio como um sapato apertado.
Ao meio-dia, nesse sol maldito e desgraçado, um pensamento me faz sombra.
'Não há tromba que não se desfaça ou se disfarce com uma lombra.'
Tenho planos de ter plantas.
Tenho as plantas dos meus planos num caderninho.
Se eu ficar quieto, ou tô dormindo ou to velhinho.
Pingo nos meus olhos umas gotinhas de anilina e vejo a vida finalmente colorida.




Juan Barto