Funcionário do mês

[ CRÔNICAS, CONTOS, POESIA CONCRETA ] [ ILUSTRAÇÕES ] [ FOTOGRAFIAS ] [ VÍDEOS ]
Não me venha com sua cara de cera
dizer que fui eu que não soube aproveitar a brincadeira.
Que eu sou a pedra que bloqueia a vista e atrapalha a pista de quem passeia!
A pedra que atrasa a vida e impede a ida de quem anseia!
Cansei de te cansar com meus cansaços.
Meu troféu é minha paz.




Juan Barto