Funcionário do mês

CRÔNICAS, CONTOS E TEXTOS POÉTICOS, NÃO POESIA.
Por que as pessoas interessantes que eu vejo pela janela do meu ônibus não estão dentro do meu ônibus?
Que força é essa que não me deixa conhecer quem eu não conheço e não me ajuda a entender quem eu já conheço?
A vida seria uma imensa loja de inconveniências aberta 24 horas?
Era o que eu temia, marcar comigo mesmo de me encontrar e não aparecer.



Juan Barto