Funcionário do mês

CRÔNICAS, CONTOS E TEXTOS POÉTICOS, NÃO POESIA.
Acho que todos nós somos meio como João e Maria, deixando trilhas de migalhas de pão pra trás, na esperança de saber como vir embora. Mas dentro da floresta, você pertencer as árvores.
'Era uma vez . . . ' é uma espécie de 'amém', só que no começo da reza.

----------------------------------------------------------------------

Tudo era alguma coisa até deixar de ser.
Há coisas que nascem podres, mas nada nasce ôco.



Juan Barto