Funcionário do mês

[ CRÔNICAS, CONTOS, POESIA CONCRETA ] [ ILUSTRAÇÕES ] [ FOTOGRAFIAS ] [ VÍDEOS ]
Envelhecer é ficar mole, como uma barra de chocolate esquecida no banco de trás do carro.




Juan Barto
Ela anda pelas calçadas
reconhecendo ruas, reconhecendo placas.
Conhece atalhos que não estão no mapa.
Ela anda só, sem pensar em nada.
Ela se cansa de sair pra ver o mundo e do mundo nunca estar em casa.
Ela pensa que sonhar é um filme que se assiste de graça
e viver é um sonho de carne e osso que não tem lugar pra sentar
tem que participar, se não ele acaba.
E quando é o caso de se acordar
some se daqui e se aparece em outro lugar.



Juan Barto
-Você tem o meu barquinho, eu não tenho nada seu.
-Você tem o meu carinho, acho que se esqueceu! Mas eu me curei sozinho. Foi o dom que Deus me deu!



juan barto

Todos os dias quando abro a porta de casa e me atiro nas garras do acaso, munido apenas de mochila e sentimentos, enquanto deslizo pela sua garganta penso:
"Você está em algum lugar ai fora!"
E bem depois, quando o mundo me cospe de volta, todos os dias na mesma hora, antes de dormir sempre me lembro:
“Você está em algum lugar aqui dentro”.



Juan Barto