Funcionário do mês

[ CRÔNICAS, CONTOS, POESIA CONCRETA ] [ ILUSTRAÇÕES ] [ FOTOGRAFIAS ] [ VÍDEOS ]
Agora, doze minutos antes de meu avião levantar voo, me deu uma certa falta de ar.
Adoro viajar, mas detesto a parte da viagem.
Queria dormir, mas só consigo lembrar de Paulo, horas antes, indo até minha casa pegar um boné que havia esquecido semanas atrás.
Chegou sem dar 'oi', já ia saindo sem dar tchau, mas parou no portão da garagem, virou-se pra mim e me estendeu a mão direita aberta, eu prontamente a apertei.
Ele riu jocoso e disse "Pensei que você fosse me dar a chave!"
Me deu um misto de vergonha e indignação. Simultaneamente abri o portão e fechei as portas para paulo.



Juan B.