Funcionário do mês

[ CRÔNICAS, CONTOS, POESIA CONCRETA ] [ ILUSTRAÇÕES ] [ FOTOGRAFIAS ] [ VÍDEOS ]
Prestar atenção a prestação?
Eu não!
Eu sou água fria espremida num balde, doida pra me esparramar por inteira no seu chão.
Lá tenho paciência de ficar retida em cano, sendo tomada à copo, sendo botada no feijão...
Me beba agora!
Me refresque mais uma vez com sua boca, me aqueça mais uma vez com sua mão.



juan barto