Funcionário do mês

CRÔNICAS, CONTOS E TEXTOS POÉTICOS, NÃO POESIA.
Eu sou do tempo em que sonhos eram feitos de massinhas de modelar.
Não sei qual é o sabor desse seu picolé ou o tempero desse seu chá.
Não sei qual o aroma do seu narguilé ou que nuance tem esse seu "Lá".
Mas sei que o seu sorriso é o melhor da cidade
e as caretas alheias são a cara da má vontade.
Eu ando no ritmo dos oceanos, então você pode me encontrar em qualquer fuso-horário de qualquer meridiano.

--------------------------------------------------------------------

Como diz o ditado que eu mesmo inventei
Malandro afobado
metido a esperto, que quer cair em pé e correr deitado
um dia adormece com o portão do barraco destrancado
e ai tá lascado.




Juan Barto