Funcionário do mês

CRÔNICAS, CONTOS E TEXTOS POÉTICOS, NÃO POESIA.
Ando parado porque de correr, já basta os riscos todo dia.
Chuva sem cheiro é apenas chateação.
A pele dela tão branca, meus dedos doidos para riscá-la, pois na memória tátil não tem Alzheimer que pegue!

'-Você tem barba de contos de fada!'
-E você olhos de vírgula.'




J / B