Funcionário do mês

CRÔNICAS, CONTOS E TEXTOS POÉTICOS, NÃO POESIA.
Todo janeiro é igual, vem antes do carnaval.
Todo janeiro é igual, vem depois do natal.
Com esse calor que anda fazendo o gelo vai derretendo
e daqui a pouco não teremos onde morar.
Com esse calor que anda fazendo vão ficando morenos
os ursinhos polár.
Eu sou a favor da pangéia e quem não é?
Afinal de contas, não dá pra ir pra París à pé.
Todo janeiro é igual, é um calor infernal.
Todo janeiro é igual, chove e vira um lamaçal.



Juan Barto