Funcionário do mês

CRÔNICAS, CONTOS E TEXTOS POÉTICOS, NÃO POESIA.
O homem quando está sozinho investe todo o seu tempo pensando no que fazer quando estiver em coletivo, e quando está em coletivo não vê a hora de ir pra casa ficar sozinho.
Somos protótipos que vivem na prototipolândia.
Somos bonecos de cabeça redonda e corpo de gravetos rascunhados por Deus, mas roteirizados pelo diabo.
Na palavra "imediatismo' o sufixo 'ismo' sem dúvida remete a doença.
Eu não pego em armas, o mais próximo que eu chego de um gatilho são as alças das minhas xícaras.
Se apaixonar não é uma questão de 'on/off', está mais pra 'ying/yang'.
Em dias sépias como um café com leite,  desejo que nosso amor dure a eternidade de uma aula chata.





Juan Barto