Funcionário do mês

CRÔNICAS, CONTOS E TEXTOS POÉTICOS, NÃO POESIA.

GENTE TANGENTE

Seja vegetariano, mas não jogue sua casca de banana no chão da rua.

--------------------------------------------------------------------------


Tem gente que rima amor com interruptor e os usa da mesma forma.
Tem gente que tem preguiça de conquistar o seu, tem vergonha de pedir o meu, mas nenhuma cerimônia pra tomar o nosso.
Tem gente que acha que no fim sempre dá, o que é ridículo, pois se é o fim, é porque não dá mais.





]uan barto
Se não fosse a gravidade, o céu seria o mar e o mar seria o céu.
Isso explicaria porquê as vezes chove, e isso explicaria porquê as vezes falta chão.




Juan Barto
Eu acho fruta uma sacanagem. Você tira a casca e dentro não tem nenhum brinquedinho, só mais fruta.

---------------------------------------------------------------------

Os analfabetos insônes não contam carneirinhos.

---------------------------------------------------------------------

-E esse cabelo branco ai?
-Ideias limpas.
-E esse sangue vermelho?
-Veias tímidas.

----------------------------------------------------------------------

-O problema são as pessoas plástico-bolha, aperta-se e depois não tem mais graça.
-Nããão, o problema são os amores frankenstein.
-Quais?
-Pedaço de um, pedaço de outro, retalhos de mortos costurados com fitinhas do senhor do Bonfim.
-Tece-se um monstro.
-Eu prefiro virar árvore do que virar mármore.
-É, mas nós, sujeitos, estamos sujeitos a sarjeta.
-Nos alimentamos de sentimentos gorjetas.
-Olha... Com coca-cola tudo desce.




Juan Barto
As vezes eu tenho a sensação de que a gente já finalizou esse jogo, só estamos de volta pra destravar as fases secretas. As frases secretas.
A manchete da primeira capa do Gerúndio's news é sempre a mesma: "Estamos sempre sendo!''
Chuva são águas penadas vagando por ai.
E aqui na minha rua, tem nuvem que num vem...



Juan Barto
As vezes pensar em você é como engolir com a garganta inflamada.
Bactérias tocando bateria.
Nem sempre a torneira chora porque caiu sabão no olho dela, as vezes é outra coisa.




Juan Barto
Os maiores sentimentos estão contidos nas menores palavras, justamente pra ficar mais fácil de ser lembrado. E também pra não travar o coração com muita informação.
A palavra é só o corpo do sentimento.
Nervos desencapados geram raiva, e raiva é energia elétrica faiscando nas mãos em terremoto.
Controlar esses ataques não é tão difícil quanto parece, mas já foi mais fácil.
Quem vai, só quer saber de tirar fotos, quem fica é que tem que arrumar a bagunça de copos quebrados e objetos faltando.
Por isso que festa só presta na casa dos outros.



Juan Barto