Funcionário do mês

CRÔNICAS, CONTOS E TEXTOS POÉTICOS, NÃO POESIA.

AMOR(TO)

A criança quando perde o seu primeiro dente de leite, percebe assustada que a vida a partir dali não será fácil.
Elas crescem e os dentes crescem também.
O adulto quando perde o seu primeiro amor, percebe assustado que a vida a partir dali não será a mesma.
Amor é como um dente definitivo, se cair, caiu. Aprenda a conviver com esse buraco, ou use um postiço no lugar.




Juan Barto
A vida é um eterno e diverso divórcio.
Não gosto dessa ideia de você passando pela minha vida assim silenciosamente, sem acordar os cachorros, sem quebrar um copo, sem derrubar uma panela que seja.
Você some e a gente se divide.
É por isso que 'simples' começa com 'sim'.



Juan Barto
Atente para as sutilezas em geral, pois, toda boa ação não reconhecida corre o risco de extinção.
Tá certo que malandro que é malandro não tosse, mas eu desisto da gente, uma vez que o meu conceito de  'a gente' simplesmente desexiste.
Conceitos são que nem nuvens, permitem que duas pessoas olhem pra mesma coisa e vejam três coisas, cinco coisas, dez coisas diferentes.
Escancaro essa minha postura, porque acredito que quem quer se salvar corre para a varanda, quem quer ser salvo corre para o porão.
Vou em busca daquela pá de paz que você não me dá mais.
Coração com o rímel escorrendo . . . 




Juan Barto
As vezes não consigo dormir de tanta ansiedade por tudo aquilo que quero fazer quando acordar.
Acho que acordar é uma daquelas coisas que a gente só dá valor quando perde.
Acordar é bom, acordar é ótimo. Pretendo ir acordando o máximo de vezes possíveis.
Mal abri os olhos, a primeira coisa que vi foi a dança tribal das poeirinhas em espiral contra a réstia de luz que entrava espremida pelos dois centímetros de janela aberta.
Todos os eletro-domésticos também dormiam, a julgar pelos seus vidros foscos, menos o ventilador, impávido velando o meu sono com seu grande olho vigia, afastando o calor e os mau-olhados de mim.
Ando tendo sonhos estranhos, a antena paranoica captando um milhão de canais.
Para pessoas de mentalidade anoréxica, o meu mais doce sorriso.
A sorte é uma roleta russa, e a vida um carrossel-bala.
Precisava seu lounge ser tão longe?
Eu sou o colecionador de cheiros, e quero reenca(de)rnar numa palavra, qualquer uma!
Só as palavras possuem a vida eterna.


JuanBarto

MALANDRAGEM SELETIVA

O livre arbítrio é uma rua de mão dupla, uma puta de dois peitos, e eu exerço o meu me livrando do convívio dos que ficam lambendo o saco de quem não tem culhões e goza direto nos nossos olhos, que é pra gente não ver quando a pica estiver entrando.

O brasileiro é interplanetariamente conhecido como um ser ‘metido a esperto’, mas quando chega o momento dele realmente ser e tirar dez na prova, resolve ter um surto de integridade, de crise de consciência!
O candidato paga cinquenta reais em troca do seu voto e quando o sujeito chega cara a cara com a urna, ele perde o gol feito embaixo das traves e de fato vota no cara!
Cumpre a sua palavra, em alguns casos, pela primeira vez no ano... na vida!


Nessa hora o "não tem ninguém  olhando" tá no conserto.



Juan Barto