Funcionário do mês

CRÔNICAS, CONTOS E TEXTOS POÉTICOS, NÃO POESIA.
Cansei de escrever falas, vamos falar sobre palavras.
Palavras são tatuagens de rena no papel de pele branquinha de quem não vai à praia.
Ser sumariamente ignorado quer dizer o que? Que a pessoa vai te apontar o número da página que tem explicando o porquê dela te desprezar?
A placa na cerca diz: "Perigo, alta vontade! 200.000 'whats' (à serem respondidos).
O mudo discordou do ponto de vista do cego, que por sua vez gaguejou no olhar.
O amor é lego.
Domingo é o dia que Deus não fez questão e nem faz.
Ele não descansou, ele desistiu. E se não fosse essa chateação o mundo era pra ser bem mais.
Mas sentimento é assim mesmo. Mostrou monstrou.
Ser humano deveria vir com exaustor e porta copo.
Passe com o para-choque por cima das pessoas 'para-brisas'.
Não te vejo em parte alguma, em porta nenhuma.
Nunca esses retângulos de madeira pareceram tão pouco interessantes quanto os ôcos de sua presença, mas prefiro acreditar que nada está perdido, está apenas mal procurado.
Um bom café dura o tempo de uma conversa
Uma conversa ruim dura o tempo de um café.



J. Barto