Funcionário do mês

[ CRÔNICAS, CONTOS, POESIA CONCRETA ] [ ILUSTRAÇÕES ] [ FOTOGRAFIAS ] [ VÍDEOS ]
 Beau (nito)
                                                                  

Egossistema.

A importância que você dá a mim é a importância que você dá a 'nós', mas ande, me 'ostracisme'. pode me 'ostracismar'!
As pessoas implicam com o tempo, ele se defende:
"Estou só passando!"

---------------------------------------------------

Ser feio é contornável
Ser bonito é questionável.

---------------------------------------------------

'Abraço' é uma palavra com cheiro de amaciante, cheiro de roupa limpa.

---------------------------------------------------

Perdi minha caneta ontem na praia.
Tsc, deixa. Fica pra Iemanjá anotar os pedidos.




Juan Barto
E a luzinha laranja brotou do chão da tela do computador, assim do nada.
>>Ivanovic diz: [Ei 'Giba', me bloqueou mesmo?]
Puta que pariu, ela havia esquecido que durante o namoro ele havia abandonado o antigo msn e feito um novo e ela simplesmente adicionou o outro sem excluir/bloquear o um.
'Ivanovic', esse antigo apelido já há certo tempo em desuso marcou uma época. Assim como essa época também já há certo tempo em desuso a marcou. Estalou os dedos, que é a maneira que as mãos tem de respirar fundo e digitou:
>>Virgínia diz: [Tentei né?] 
>>Ivanovic diz: [Posso saber o motivo disso? ^^]
>>Virgínia diz: [Pooode, claro. Eu não quero mais conversar com você]
Ela ficou esperando a réplica que estava por vir e ela sempre vinha. A réplica SEMPRE vinha. Dito e feito. Lá estava o retângulo relâmpago pulsando em silêncio ao pé da tela como batidas na porta em braile.
>>Ivanovic diz: [Posso saber o motivo disso também?]
>>Virgínia diz: [Não, porque pra isso teríamos que conversar, e eu não quero mais conversar com você. ;)]
>>Ivanovic diz: [E eu achando que o problema era justamente a falta de comunicação]
>>Virgínia diz: [Ah, e era, mas isso também já era!]
(Dedos britadeiras. Não sabia se dava mais ênfase no 'também' ou no ‘já era!’)
O coração é que nem cachorro, se agita quando deveria ficar quieto só pra constranger o dono. Ela atirou a flechinha do cursor sobre o 'x' cinza que demarcava o tesouro. Tesouro sim, afinal, silêncio é de ouro, e clicou.
Fez com que 'Não fosse possível enviar ou receber mensagens de ‘Ivanovic’ porque você bloqueou esse contato. '
 (Má)goa.
Não falar com alguém que você está morrendo de vontade de falar é uma força de vontade que quanto mais você se gaba de ter, mais fraco você se sente. Orgulho é um conselheiro forte, porém burro, porém forte. Sabia que essa linha de raciocínio estava meio emaranhada, mas seres humanos fáceis de lidar geralmente são aqueles que não são muito expressivos, assim como os sentimentos. Optou pela sabedoria popular:
“O que não tem remédio remediado está”.
O celular começou a vibrar em cima da mesinha fazendo um barulho assustador de broca e dispersando algumas formigas que se apossavam de uma caneca com resíduos de gotículas de suco.
Se fosse publicitária criaria para as empresas telefônicas o slogan:
"Incomode o outro sem sair de casa por apenas quarenta e dois centavos!"
Abriu a mensagem já bufando. Maldita tréplica!
>>>’Tchau’ ainda se usa em alguns países da América do sul...<<<
'Ivan, para seu azar, os dois lados dessa minha personalidade bipolar resolveram unir forças contra você' - Pensava ela.
A evolução do homem nos deu os benditos polegares opositores certamente pensando em nos preparar pra um futuro onde o homo sapiens teria que resolver assuntos digitando letras freneticamente num teclado ridiculamente pequeno.
>>>Em quantas mídias eu vou ter que te ignorar pra você se mancar, seu babaca? ‘Tchau’ o caralho... É Adeus!<<<
Pensou em mandar essa SMS e na mesma hora caiu em si e se sentiu ridícula porque responder já não era ignorar. Percebeu que estava fazendo tudo errado! Vinha o expulsando há meses da sua vida, mas da maneira errada! Não precisava da consulta dele pra tomar a decisão de afastá-lo. Muito menos da sua compreensão. Não quer compreender não compreenda, mas vá ‘não compreender’ bem longe e isso não era um pedido, era uma ordem. Uma ordem de despejo! A reação dele era a reação natural de quem recebe um aviso prévio de desocupação, a negação era sempre o primeiro estágio. A cara de pau dele tinha farpas no lugar da barba e ela queria lixá-la, linchá-la!         Não podia deixar a última palavra ser dele, ainda por cima uma pilhéria daquela!
Não podia, não queria, mas deixou.
Deixou-o.


Juan Barto
Nossos caminhos são cheios de curvas dramáticas com ervas daninhas, que não dá pra fumar, crescendo no acostamento.
Antes eu achava que dava pra ganhar sozinho, hoje eu acho que  estar sozinho já é perder.
E se embrulhar em papel de presente não significa estar presente.
Existe uma coisa verde que você deve inspirar profundamente e segurá-la em seus pulmões o máximo que puder: Esperança.
Cruzar os dedos e torcer sim, mas cruzar os braços e sentar não, porque não adianta de nada!
Corta o efeito da torcida.



Juan Barto
Essa sala já mudou tanto de decoração, no entanto, de coração, sem nunca deixar de ser minha sala.
Agora as flores caíram e lhe caíram muito bem.
Anything de quente on sertão the Caathing...
Something!
'Some, coisa!'


Juan Barto