Funcionário do mês

[ CRÔNICAS, CONTOS, POESIA CONCRETA ] [ ILUSTRAÇÕES ] [ FOTOGRAFIAS ] [ VÍDEOS ]
Nossos caminhos são cheios de curvas dramáticas com ervas daninhas, que não dá pra fumar, crescendo no acostamento.
Antes eu achava que dava pra ganhar sozinho, hoje eu acho que  estar sozinho já é perder.
E se embrulhar em papel de presente não significa estar presente.
Existe uma coisa verde que você deve inspirar profundamente e segurá-la em seus pulmões o máximo que puder: Esperança.
Cruzar os dedos e torcer sim, mas cruzar os braços e sentar não, porque não adianta de nada!
Corta o efeito da torcida.



Juan Barto