Funcionário do mês

CRÔNICAS, CONTOS E TEXTOS POÉTICOS, NÃO POESIA.
O homem precisa do fogo para existir.
O fogo precisa do ar para existir. 
O ar só precisa de espaço pra existir, embora não exista no espaço.

--------------------------------------------------------
Acordei numa quinta feira dessas tantas e fiquei deitado de consciência pra cima, me lembrando do tempo em que passava minhas férias pulando, junto com minha prima, no colchão de molas da cama da minha avó, assistindo 'Capitão planeta' na tv preto e branco.
'Xuxa,' de Bergman.
Vovó fazia pastel na cozinha usando uma garrafa seca de cerveja como rolo pra esticar a massa.
Me dava pequenas sobras, pequenos retalhos, aperitivos crus que eu tanto adorava comer.
Lembrar dessas coisas é como nadar de olhos abertos numa piscina com excesso de cloro.
No dia que inventarem um cartão de memória para a nossa memória, ai sim, falem comigo sobre tecnologia.






foto:juan barto
juan barto.

COSMOPOLITA

Aquela música me pegou pelos cabelos, como os homens das cavernas faziam com suas mulheres, e me arrastou por dias, por anos atrás.
[Dedos são os chifres das mãos.]

--------------------------------------------------------

Acho que a gente pode ser tudo, só não pode ser podre, porque é isso o que nos difere do lixo e da merda.


A vida dá muitos sinais e os tilintares marcam o compasso.

- O ser humano é 70% composto de água e nem assim ele consegue ser transparente.
- Só importa aquilo que de alguma forma dá forma.
- Não ganha o mais forte, ganha quem chegar primeiro.

Minhas impressões sobre as coisas, deixo sobre as coisas.
Minhas impressões digitais, eu deixo em quem deixar, principalmente nas pessoas 'Nhac'.


Sou seu ao passo que acho sua pessoa.

--------------------------------------------------------

Tira sarro porque o outro usa boneca inflável, e você que namora à distância?
Quem está mais longe da realidade desejada?
Essas frustrações brandas...
Por isso os bares, ou melhor, por isso as bebidas!

'-Garçom!
-Pra beber, alguma coisa, Sr.?
-Um 'sorry'sal efervescente.'

------------------------------------------------------

Antes de se apaixonar, verifique se o mesmo encontra-se neste andar.

------------------------------------------------------

-Patrocine um raciocínio.
-Huum.. PARtir é ímpar.






Juan Barto

Felicidade é uma palavra com gosto de hortelã, mas que cheira à jasmim.
Escorrega pelo cano da garganta adormecendo os músculos e formigando o nariz.
Acordaste meu lado consumista de afeto e agora estou a esmurrar o balcão da loja aflito.
"Eu quero isso! Eu quero isso! Eu quero isso!"
Eu piso forte, falo grosso, respiro fundo e penso alto.
Eu é todo exacerbado.

E ela? Uma graça!
Sorri pra passar o tempo, e ele passa!




Juan Barto

O 'ontem' é o rabo que você, cachorro, vai rodar, rodar, rodar e não vai conseguir pegar nunca.
Desculpas são como corretivo líquido, as vezes dá jeito, mas em outras o remendo não tem remédio e nem reparo.
Não tem como não reparar.


Juan Barto