Funcionário do mês

CRÔNICAS, CONTOS E TEXTOS POÉTICOS, NÃO POESIA.
Esses falsos acidentes intencionais, essas casualidades causadas...
Um beijo na bochecha que escorre pro canto da boca, ou dois cotovelos encostados 'testa com testa' habitando o mesmo braço da poltrona do cinema por horas, por filmes, por dias se fosse possível.
Os três centímetros de pele mais sortudos de todo o corpo.
Os pretextos pros textos..
Quem vê 'oops' não vê coração, e aqui pra nós; só não 'veux' quem não 'coeur'!
Perceba e receba.


Juan Barto

---------------------------------------------------