Funcionário do mês

CRÔNICAS, CONTOS E TEXTOS POÉTICOS, NÃO POESIAS.
Passamos boa parte da nossa vida fazendo as mesmas coisas, só que com pessoas diferentes.
A resposta ríspida;  raspada de lixa na cara. Bochechas vermelhas. Constrangimento em carne viva.
Uma pedra pomes atravessada na garganta, que nem uma espinha de peixe.

------------------------------------------------------------

Silêncio não é o mesmo que paz.
Fazer as pazes não é o mesmo que paz.
Transformamos uma ofensa em conselho há cada vinte minutos, pedimos desculpas à nós mesmos por coisas que os outros nos fizeram. Agimos assim em nome do equilíbrio.
Futuremos... .
Viver as vezes é muito genérico. Tudo está até bom, mas bom não é ótimo.
'Ótimo' sim, seria maravilhoso.



Juan Barreto

Foto: Juan Barreto












---------------------------------------------------------