Funcionário do mês

[ CRÔNICAS, CONTOS, POESIA CONCRETA ] [ ILUSTRAÇÕES ] [ FOTOGRAFIAS ] [ VÍDEOS ]
Desde sempre, a gente peca pelo excesso.
Num belo dia resolvemos enfiar o H depois do P pra dar som de F. O que é uma idiotice, uma vez que já tínhamos o 'F'.
Por que? Porque sim!
'Porque sim', pra quem não sabe, é a verdadeira identidade secreta do 'jeitinho Brasileiro'.
Como é o caso de 'PODER' que na verdade escreve-se 'PHODER' com 'H' mudo, envolto num tecido mágico que só os inteligentes conseguem ver, mas que preservou o espírito da coisa.

-----------------------------------------------------------------

Parece que tudo que é à laser é definitivo.
Quero lazer à laser.
E principalmente, que as pessoas parem de confundir gratidão com 'puxa saquismo' e respeito com 'rabo preso'.
E a defesa de quem não entende é sempre dizer que quem não está entendendo é o outro.
Quem está nervoso sempre pede calma.
Se dê valor e ai sim, podemos discutir sobre valores.
Se dar valor não é se dá um preço.
Enxergo os términos com o olho do cu, por isso que ando cagando tanto pra tanta coisa.

---------------------------------------------------------------------

Se suicidou pulando do sexto andar do próprio ego e só não subiu mais porque o elevador estava quebrado.  

---------------------------------------------------------------------

Difícil se adaptar.
Quando tá tudo bem, ser 'Maria vai com as outras' significa união, sintonia, núcleo.
Quando tá mais ou menos mal, ser 'Maria vai com as outras' é falta de personalidade, puxa saquismo... até te chamam de viado por você se considerar 'Maria'.
Quem quer o que todo mundo quer, sofre!
Quem não quer o que todo mundo quer, sofre!
a.c = Antes do começo
d.c = Depois da crise
           
----------------------------------------------------------------------

Pistola d´água se passando por arma de fogo.
Bala de ar comprimido.
Sete palmos de terra
Os elementos nas mãos dos maus elementos.
Elementar...
           
----------------------------------------------------------------------

Adultos continuam sendo apenas crianças que se soltaram das mãos dos pais no shopping e saíram correndo desembestados lá na frente.


Juan Barto