Funcionário do mês

[ CRÔNICAS, CONTOS, POESIA CONCRETA ] [ ILUSTRAÇÕES ] [ FOTOGRAFIAS ] [ VÍDEOS ]
Eu sou o mamífero 'man'. Meu coração 'orange' ora range, ora rege 'rouge' e reage.
Como um 'rojo' rojão.
A oferta do ‘se manda!’ não para de crescer porque a demanda também não.
As rosas gordas vão para o abate e saem do matadouro em forma de buquê, sangrando por todos os polens.
Sonhar está no contrato e imaginar é se fazer presente, só que do jeito invisível.
Quando te vejo, abre um paraquedas dentro de mim. Contentamento com tentação.
Passeio pelo mundo sentado no topo da cabeça de um elefante.
(em) presto atenção e não me devolvem.


Juan Barto