Funcionário do mês

CRÔNICAS, CONTOS E TEXTOS POÉTICOS, NÃO POESIA.

ACOMETIDO COMETO!

'Ira' é uma palavra muito pequena pra comportar tudo o que está dentro dela.
Como uma criança de dez anos, magra e grávida de quadrigêmeos.
Meu ódio eu prefiro assim, a céu aberto, como uma fratura exposta pegando sereno e infeccionando.
Chorar não faz ninguém menor, mas chorar baixinho faz!
Por isso te grito em negrito até você ter uma hemorragia nasal, uma menstruação no cérebro decorrente de uma fissura.
 Arranho a sua imagem  e seu corpo pra dai sim, te ofender com silêncio grosso e pastoso como um pote de banha. Como um pátio de piche.
Te cuspo porque pessoas com raiva babam e meu ego tem amigdalite e não consegue engolir mais nada.
Diferente de você, eu não alugo meus sentimentos.
Acho uma pena que garrafas pet tenham mil e uma utilidades e você ai sem nenhuma, só sendo um desperdício de aborto que anda e fala.




Juan Barto


Foto: Juan Barto