Funcionário do mês

[ CRÔNICAS, CONTOS, POESIA CONCRETA ] [ ILUSTRAÇÕES ] [ FOTOGRAFIAS ] [ VÍDEOS ]
Esquinas são os cotovelos das ruas cutucando a sociedade nas costelas, expondo realidades urticantes em vitrines sem vidros.
Diariamente, vemos pistolas de diamantes vomitando balas com pontas de caneta Bic cristal explodindo cabeças de sangue azul.
Estamos mais preocupados em usar cortinas transparentes, pro sol não se sentir rejeitado.
Tá tudo errado!
Então, o jeito é usar as cordas vocais pra amarrar uma rede o mais alto e distante possível disso tudo, e tentar dormir.
Os presos tem pressa. A pressa tem presas.

-----------------------------------------------------------------------------

Não tenho mais paciência pra amores do tipo criança, hiperativos, onde se passa metade do tempo tenso, dizendo:

''Não sobe ai!'', ''Não mexe nisso!'', ''Eu disse pra não mexer!'', ''Não corre!''

E a outra metade, limpando nariz escorrendo e dando beijo em 'dodóis'.

Também não tenho mais paciência pra amores tipo adolescente, explosivos, que sobem na mesa o tempo todo com um megafone em uma mão e uma garrafa de bebida na outra, e você nunca sabe se é pra propor um brinde ou pra fazer um escândalo. Se bem que no fim das contas não importa, pois você acaba constrangido de qualquer jeito.
Esse tipo de amor que não pode ser contrariado, já que tem sempre razão, e ai de você se disser que não!
Que querem demonstrar bem querer, batendo sua cabeça na nossa, batendo a porta do quarto com força até rachar a parede, até despregar os posters, até trincar a madeira, até entortar a maçaneta de uma vez por todas... Até terminarem sozinhos, trancados por dentro.

'Hormônio' realmente não é o masculino de 'harmonia', aliás, são de uma diferença de grosso calibre.






Juan Barto