Funcionário do mês

CRÔNICAS, CONTOS E TEXTOS POÉTICOS, NÃO POESIA.
Sou jujuba sem açúcar, amendoim com casca.
Eu grudo no dente, eu estrago fotos.
Eu solto esporos, entupo poros e não paro.
Eu sou o triângulo das permutas.
Eu ofereço perigo, mas apenas por educação, não precisa aceitar!


----------------------------------------

Tem momentos em que o silêncio é tão seco que é possível ouvir baixinho os mini arrotos dos ácaros devorando a superfície de tudo, numa lentidão supersônica invisível a olho nu.

----------------------------------------

Foda é a vida do botão, que pra entrar na própria casa tem que ser com jeitinho, meio que de lado . . .



Juan Barto