Funcionário do mês

[ CRÔNICAS, CONTOS, POESIA CONCRETA ] [ ILUSTRAÇÕES ] [ FOTOGRAFIAS ] [ VÍDEOS ]
Se sentia um náufrago, arremessado nas areias das primeiras horas da manhã pelas ondas da madrugada.
Misturando a euforia dos sobreviventes, com o mau humor letárgico dos que ainda não perceberam, ou não querem aceitar, que precisam dormir pra passar de fase.

[5:30] [a:m]

Silêncio maravilhoso, tão gostoso que dava vontade de gravar pra poder vir escutando de fones no ônibus, voltando pra casa no final do dia.




Juan Barto
'Granddaddy Purple', Blue cheese' e 'Shiva Skunk' são metades da laranja
que dá suco e que dá lombra.
É tão difícil ter que fumar escondido,
ser chamado de bandido
porque disseram "é proibido plantar planta!"
Beges e brancos, pretos, vermelhos e amarelos fumam do mesmo 'verdinho'.
Enxergam tudo colorido, mais bonito. 'Manga rosa' deixa tudo azul!
Será que há vida por cima do cinza da cidade, ou só cimento?
Marrom é a roupa que eu uso e me camuflo pela terra cor-de-terra, pra que ninguém possa me achar.



Juan Barto





Afiamos as palavras com esmero no esmeril, cada frase é um faqueiro Tramontina...
Nossas linhas de raciocínio, todas tem cerol.
As pessoas chamam de 'amizade' tentar acertar a maçã na cabeça dos outros com uma pedra, e se ao invés disso acertarem bem no meio da cara do companheiro, culpa de quem se mexeu!
'Boas intenções' não servem como comprovante fiscal.
Desmilitarize sua estupidez, cautela com esse cutelo, a vida vai limpar o cu com suas verdades e colocar na mesa como guardanapos.
Armadilha pra pegar urso, pega lobo também. A morte não decora texto.
A gente quer pregar a palavra depois de ter pregado quem a falou.
(Pelo a) Morde Deus e depois assopra.
Dentes caninos e língua felina, cauterizando as feridas como uma mamãe dragão lambendo suas crias, sentindo o gosto forte de merda e disfarçando com tic-tac's.


---------------------


Juan Barto