Funcionário do mês

[ CRÔNICAS, CONTOS, POESIA CONCRETA ] [ ILUSTRAÇÕES ] [ FOTOGRAFIAS ] [ VÍDEOS ]
Afiamos as palavras com esmero no esmeril, cada frase é um faqueiro Tramontina...
Nossas linhas de raciocínio, todas tem cerol.
As pessoas chamam de 'amizade' tentar acertar a maçã na cabeça dos outros com uma pedra, e se ao invés disso acertarem bem no meio da cara do companheiro, culpa de quem se mexeu!
'Boas intenções' não servem como comprovante fiscal.
Desmilitarize sua estupidez, cautela com esse cutelo, a vida vai limpar o cu com suas verdades e colocar na mesa como guardanapos.
Armadilha pra pegar urso, pega lobo também. A morte não decora texto.
A gente quer pregar a palavra depois de ter pregado quem a falou.
(Pelo a) Morde Deus e depois assopra.
Dentes caninos e língua felina, cauterizando as feridas como uma mamãe dragão lambendo suas crias, sentindo o gosto forte de merda e disfarçando com tic-tac's.


---------------------


Juan Barto