Funcionário do mês

[ CRÔNICAS, CONTOS, POESIA CONCRETA ] [ ILUSTRAÇÕES ] [ FOTOGRAFIAS ] [ VÍDEOS ]
É que quando tu ficas com raiva parece que mãos de luvas vermelhas te tapam os olhos, apertando com força tua cabeça, enquanto outras de luvas negras, reviram o teu estô(â)mago e começam a puxar pra fora somente o que há de pior dentro de ti.
Como naqueles truques chinfrins onde o mágico tira da manga um lencinho e com falsa surpresa constata que ele está amarrado a outro lencinho, que está amarrado a outro lencinho, que está amarrado a outro lencinho...
E vai tirando, e vai tirando e não param de sair lencinhos!
Metros... Horas...
E os seus já vem, todos, devidamente assoados.


Juan Barto