Funcionário do mês

CRÔNICAS, CONTOS E TEXTOS POÉTICOS, NÃO POESIAS.
Os prédios ao longe, repousando lado a lado como roupas estendidas no varal da linha do horizonte.
Formando um curioso atol de construções. Postados como um poster de time de futebol.
Exibindo seus sorrisos de micro janelas, se acendendo pra quem passa.
O bairro visto de cima parece um tabuleiro de xadrez de proporções monstruosas.
Enquanto isso, nas entranhas, chovem suicidas no telhado lajeado dos que moram
debaixo da ponte.
Na vida existem dois tipos de decisões erradas: há a decisão errada do tipo ‘cortar o cabelo’ (que são aquelas que se der merda, quando passar um tempo você tem a chance de consertar) e tem a decisão errada do tipo ‘cortar a perna’ (que é auto explicativa).



Juan Barto